Projeto BioCMPC: Execução da 1ª estaca para fundações da 4ª Linha de picagem da CMPC/Guaíba

Na sexta-feira passada, dia 29 de abril, foi executada a 1ª estaca da construção civil que permitirá a instalação da 4ª linha de picagem de madeiras do Projeto BioCMPC em Guaíba/RS.


As estruturas de construção civil dão seguimento nas obras de ampliação após a reabertura da base do picador e servirá de base para instalação dos novos equipamentos da linha.


A nova linha está projetada para processar 500 m³ de toras por hora e será inserida junto das 3 linhas de picagem na planta de Guaíba/RS implantadas em 2015, reafirmando a confiança na tecnologia para o manuseio de madeira para fabricação de celulose já instalada pela Demuth.


O projeto adquirido da Demuth, em regime EPC (Engineering, Procurement & Construction) ainda contará com o fornecimento de mesa dosadora de toras, transportadores de correia, silos de armazenamento e peneiras oscilatórias para classificação de cavaco.


Sobre a BioCMPC


A BioCMPC é um projeto que une sustentabilidade e modernização operacional. A inciativa prevê a implantação de 31 ações na unidade industrial de Guaíba, divididas em 3 grandes frentes: 9 referentes à implantação de novos equipamentos de controle ambiental e o repotenciamento de sistemas já existentes, 8 novas iniciativas voltadas à gestão ambiental e 14 ações de modernização operacional.


A soma de todas essas ações tornará a planta da CMPC em Guaíba uma das unidades produtoras de celulose mais sustentáveis do país e referência em diversos parâmetros de sustentabilidade.


#demuth #committedtoperformance #40anos #cmpc #BioCMPC #picador #picadordemadeira #celulose #pulp #cavaco #chip #cavacopremium #patiopicagem #patiodemadeira #woodhandling

40 visualizações0 comentário